domingo, 9 de janeiro de 2011

Talvez

Nos " apesar de" da nossa história, nunca acreditei que fosse me decepcionar tanto.
Se um dia eu mudasse a direção da minha estrada, pensei que seria por desencontros, não por desencantos.
Aquele sorriso maroto que me alegrou. E o corpo que mais me chamou atenção.
Fôrmas de um boneco, e como boneco não foi encontrado coração nele.
Depois dos carinhos, da atenção, que foi o que eu mais precisava e de tudo que ele levou de mim,
é fato que ele se mostraria em pessoa o que ele é.
Sempre mostrou ter todas as qualidades, e por mais ridiculo que isso possa parecer, todos os defeitos que me atraem.
E talvez.....
Mas só TALVEZ, eu tenha uma atração fortissíma por mau-carater.
E sobre a verdadeira pessoa dele, não é, ou melhor, está longe de ser qualquer principe encantado.
Possa ser que eu venha a escrever futuramente sobre ele ter sido ou não criado pra mim, mas hoje, eu preciso expressar que não o quero, que ele é muito pouco.


Carolinie Martins e Natália Pires

Um comentário:

Natália disse...

Assino em baixo!! Perefeitãoo amg.. tbm, cm minha participação neh ?! rs